terça-feira, abril 11, 2006


Vou à tua procura
Por entre clarões de névoa
E olhos de vento.

(Irei aos abismos, se for preciso)

Hei-de possuir-te aberta!
Hei-de beber-te até ao espasmo
Nessa orgia de corpos suados
Buscando complementos de mágoa!

2 comentários:

José Marques disse...

Vim á procura de algo belo no mundo da blogosfera e encontrei neste espaço de palavras simples mas com uma beleza que me seduziu.
parabens

Paulo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.